segunda-feira, 11 de junho de 2012

Maternidade...

E já havia
Uma vida
Dentro do ventre,
Quando por fora
Eu nada sentia

E aos poucos
A vida foi
Tomando forma,
E meu ventre crescido
Virou ninho aquecido
Para este filho ninar.

E havia
Duas outras vidas
Dentro de outros ventres,
Quando em meu coração
Eu tudo sentia

E aos poucos
Suas vidas chegaram,
Seus dedinhos
Enroscaram-se
Neste coração
De mãe.

E meu colo crescido
Virou um grande ninho
Para estes filhos acolher.
.

neli araujo
2009